Início » Livros » Site com Livros da nossa Área

Site com Livros da nossa Área

Notícias da UFSC

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da UFSC tem por objetivo principal desenvolver atividades de ensino e pesquisa de caráter interdisciplinar. Iniciou suas atividades no nível de doutorado em 1995, a partir da convergência temática de um grupo de professores-pesquisadores provenientes das disciplinas de Antropologia, Ciência Política, Filosofia, Geografia, História, Psicologia e Sociologia. O Programa está reconhecido pela CAPES, tendo recebido NOTA 5 na sua última avaliação (Outubro 2007). Existe disponibilidade para os alunos de um número limitado de bolsas da CAPES, do CNPq e de outras instituições conveniadas.

Grupo de Pesquisa no Lattes

Receba notícias no e-mail

Junte-se a 1.717 outros seguidores

Acessos

  • 12,889 Visitas

O Tempo das Tribos – Michel Maffesoli

O Tempo das Tribos – Michel Maffesoli

Neste livro, Michel Maffesoli faz uma análise da mudança de enfoque da sociedade pós-moderna. O individualismo é substituído pela necessidade de identificação com um grupo, aspecto verificado na moda, por exemplo, e que é reforçado pelo desenvolvimento tecnológico televisão a cabo, computador, etc. Não se trata de uma nova cultura, mas de sua transformação, como aspecto decisivo deste final de século. O surgimento de grupos, de conjuntos musicais, esportivos e turísticos é apontado como característica dessa ‘nova’ sociedade. ‘O Tempo das Tribos’ trata a cultura não como uma conseqüência da sociedade, mas como um de seus aspectos mais importantes, pois é por meio dela que os indivíduos se posicionam socialmente.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 12, 2010

O que é Racismo – Joel Rufino dos Santos

O que é Racismo – Joel Rufino dos Santos

Alguns tentam provar que as diferenças sociais são determinadas por fatores biológicos. Outros explicam que o racismo surgiu da necessidade de justificar a agressão. Seria verdade? Faria o racismo parte da natureza humana? Neste livro, os primeiros passos para a compreensão deste fenômeno universal, suas modalidades e suas implicações sociais.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 12, 2010

O Futuro do Trabalho – Domenico De Masi

O Futuro do Trabalho – Domenico De Masi

Nesta obra são apresentadas sete partes cruciais para explicação de suas investigações. Dentro de suas críticas, é abordada a estrutura atual do processo do trabalho, onde mesmo com as máquinas e todo arsenal tecnológico disponível, ainda hoje, se produz com nas fábricas do século XIX. Espaços onde o tempo é contado e as pessoas são introduzidas à infelicidade por conta da burocracia, do aspecto local de trabalho, da excessiva competitividade e do medo.
A introdução de suas idéias questiona o trabalho como hoje é vivido, e é a partir destas idéias que ele inicia seu questionamento sobre como o mercado de trabalho esta obsoleto. O que hoje considera-se correto, o autor coloca como arcaico e retardado: horas a mais horas de trabalho a fio, sem descanso, esquecendo-se da vida humana e do convívio com as pessoas que estão à nossa volta.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 11, 2010

O Manifesto Comunista de Marx e Engels – David Boyle

O Manifesto Comunista de Marx e Engels – David Boyle

Em 1848, a Europa atravessava uma profunda convulsão social, marcada sobretudo pela eclosão de movimentos operários. Para orientar a ação dos trabalhadores, Karl Marx e Friedrich Engels elaboraram um documento que definia com clareza o comunismo. Surgia assim o Manifesto comunista, que logo se tornou o panfleto mais lido na história.
Contém a versão integral do Manifesto Comunista.
Análise dos efeitos imediatos e de longo prazo sobre as lutas sociais da segunda metade do século XIX e o papel desempenhado nas grandes revoluções do século XX.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 11, 2010

A Interpretação das Culturas – Clifford Geertz

A Interpretação das Culturas – Clifford Geertz

Clifford Geertz é um dos mais originais e estimulantes antropólogos de sua geração e o mais destacado proponente do movimento intelectual para revigorar o estudo da cultura como sistema simbólico. O presente volume consubstancia as concepções geertzianas sobre o que é cultura, que papel esta desempenha na vida social e como deve ser adequadamente estudada, numa tentativa de esclarecimento sistemático do próprio conceito cultural em suas relações com o comportamento real de indivíduos e grupos. Direta ou indiretamente, a totalidade dos nove capítulos que compõem este volume relaciona-se com o conceito de cultura. São estudos empíricos e não dissertações teóricas, pois ao autor “não agrada afastar-se muito das imediações da vida social”, como ele mesmo sublinha. Embora a sua “redefinição de cultura” seja talvez o interesse mais persistente de Geertz como antropólogo, o livro mostra-nos que ele não se alheia da problemática de outras áreas afins, como Organização Social, História Comparada, Ciência Política e Ecologia Cultural.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 10, 2010

Do Sonho às Coisas – José Carlos Mariátegui

Do Sonho às Coisas – José Carlos Mariátegui

Em uma curta e intensa vida, o jornalista, teórico e dirigente revolucionário peruano José Carlos Mariátegui (1894-1930) uniu pensamento e ação, arte e política, jornalismo e militância, construindo uma obra que fez dele o mais original dos pensadores marxistas latino-americanos. Empenhado em trazer as idéias de Marx para a realidade do subcontinente, Mariátegui abriu caminhos para uma reflexão própria do marxismo, sempre lutando pelo papel dos povos e culturas indígenas na luta de classes e pela transformação social. Sua obra teórica e sua visão sobre a formação social e étnica da indo-américa influenciou desde a revolução cubana e Che Guevara até os zapatistas de Chiapas, e segue inspirando movimentos que lutam pela igualdade e pela emancipação em toda a América Latina.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 10, 2010

A História Secreta da Rede Globo – Daniel Herz

A História Secreta da Rede Globo – Daniel Herz

A história secreta da Rede Globo é um livro escrito por Daniel Herz e publicado originalmente pela editora Tchê em 1987. O livro fala sobre as relações que Roberto Marinho, dono da Rede Globo, mantinha com a ditadura militar, além dos procedimentos ilegais que levaram à estruturação da emissora. Este livro foi uma das fontes de inspiração para o documentário britânico Muito Além do Cidadão Kane.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 9, 2010

O Estruturalismo e a Miséria da Razão – Carlos Nelson Coutinho

O Estruturalismo e a Miséria da Razão – Carlos Nelson Coutinho

o livro pretende contribuir para indicar os limites do estruturalismo e ressaltar a universalidade e a atualidade do pensamento de Lukács. Desenvolve e atualiza a crítica da cultura burguesa do irracionalismo com uma denúncia das variadas versões da corrente agnóstica, ou seja, daquele empobrecimento da Razão que integra, complementa e reforça os mitos irracionalistas, particularmente os que transformam as regras formais intelectivas em realidade objetiva existente acima dos homens concretos.

Download do livro: Clique aqui!

Publicado por: desenvolvimentoemquestao | outubro 9, 2010

“O Capital” de Marx: uma biografia – Francis Wheen

“O Capital” de Marx: uma biografia – Francis Wheen

Os efeitos que O Capital teve sobre o mundo foram devastadores, e, nessa obra, Francis Wheen expõe como se produziram essas idéias que iriam mudar o curso da história universal. Mostra como os argumentos que, de hábito, desqualificam a obra de Marx como uma profecia frustrada esquecem que O Capital é antes uma descrição emocionada do sistema que seu autor via como deformador e opressivo do espírito humano.

Com grande originalidade, analisa o estilo literário desse livro que coloca os homens no centro da história. O Capital, assim, deve ser lido como um romance gótico — com linguagem por vezes impressionista — cujos heróis são escravizados pelo monstro que criaram: o capitalismo. Enquanto o sistema capitalista perdurar, também irá permanecer, com sua força transformadora, a obra-prima de Marx.

“Fascinante e agradável de ler como um excelente livro de suspense.”
A.C. Grayling, The Times

“Uma narrativa brilhante sobre o modo como surgiu O Capital.”
Toby Saul, New Humanist

Download do livro: Clique aqui!

Postagens Antigas »

Categorias

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Desafios da Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.717 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: