Condição Humana na Modernidade 2014

Início » Blog » Bacharelados Interdisciplinares representam novos caminhos para profissionalização

Bacharelados Interdisciplinares representam novos caminhos para profissionalização

Notícias da UFSC

Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da UFSC tem por objetivo principal desenvolver atividades de ensino e pesquisa de caráter interdisciplinar. Iniciou suas atividades no nível de doutorado em 1995, a partir da convergência temática de um grupo de professores-pesquisadores provenientes das disciplinas de Antropologia, Ciência Política, Filosofia, Geografia, História, Psicologia e Sociologia. O Programa está reconhecido pela CAPES, tendo recebido NOTA 5 na sua última avaliação (Outubro 2007). Existe disponibilidade para os alunos de um número limitado de bolsas da CAPES, do CNPq e de outras instituições conveniadas.

Grupo de Pesquisa no Lattes

Receba notícias no e-mail

Junte-se a 1.719 outros seguidores

Acessos

  • 16.744 Visitas

Por: UFJF Online

Flexibilidade, experimentação e diversificação caracterizam os Bacharelados Interdisciplinares (BIs) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) desde 2009.

A UFJF possui três tipos de Bacharelados Interdisciplinares – Artes e Design, Ciências Exatas ou Ciências Humanas – o estudante passa a vivenciar e conhecer diversas áreas, o que permite também uma formação complementar ampla.

Para o diretor do Instituto de Ciências Exatas, Rubens de Oliveira, os vestibulandos não entenderam a inovação nesta modalidade de ensino que serve como acesso à graduação escolhida. “As pessoas que querem fazer, por exemplo, Química, veem o Bacharelado e desistem, sendo que ele é o primeiro passo para o curso desejado. A formação na área fica mais sólida em relação aos que optam diretamente para a graduação pretendida.”

No caso das Ciências Exatas, é possível escolher por oito modalidades, sendo que seis somente são alcançadas via Bacharelado: Ciência da Computação, Estatística, Física, Matemática, Química e Engenharia Computacional.

Segundo o chefe do Departamento de Ciências da Computação, Eduardo Barrere, “é uma ótima oportunidade para o aluno conhecer os diversos cursos de uma área da formação. O Bacharelado facilita reenquadramento ao se realizar a troca”. Ou também pode auxiliar na obtenção de uma ou mais graduações. Este é o caso da acadêmica Karen Enes que está no sétimo período do Bacharelado de Ciências Exatas. Ela pretende formar em Ciência da Computação no ano que vem e em Engenharia de Computação em 2013. “O curso amplo é mais difícil, exige mais, mas no mercado de trabalho é bom ter conhecimento em outras áreas”.

Descobrindo talentos

No Instituto de Artes e Design (IAD), o primeiro ciclo do Bacharelado direciona os alunos a fazerem matérias de formação geral que incluem literatura, filosofia, semiótica, línguas, história e ciências sociais aplicadas. Ainda no estágio inicial, eles têm contato com todas as áreas de atuação do curso desde artes visuais a arte e educação.

No encerramento do primeiro ciclo, o aluno deve entregar um trabalho de conclusão e receber o diploma de Bacharel em Artes e Design, podendo optar por fazer o segundo estágio ou não. São oferecidos, então, os cursos de Artes visuais, Design, Moda, Cinema e Audio Visual, e Educação.

Para a acadêmica do Bacharelado de Artes Laura de Sousa Queiróz, a vantagem do curso está em oferecer uma formação universal a quem tem dúvidas sobre que área seguir. “O contato com matérias de outras especialidades permite uma formação variada, com conhecimentos que vão além do curso escolhido em específico.”

A coordenadora do Bacharelado em Artes e Design, Ana Cristina Barbosa, corrobora a vantagem deste formato de curso que ”permite uma decisão mais afirmada e segura de uma das opções de atuação, já que eles podem experimentar as várias áreas, ter um conhecimento básico sobre cada uma delas e a partir daí escolher aquela em que suas habilidades desenvolvidas se encaixam”.

O professor Ricardo Cristofaro, diretor do IAD, destaca outro trunfo: a descoberta de novos talentos. “Este tráfego de conhecimento é uma característica natural do nosso curso, o Bacharelado Interdisciplinar é uma reafirmação disso.” Ele também adianta a oportunidade de inserção no mercado de trabalho durante o dia, já que as aulas do segundo ciclo do curso de Artes serão ministradas no turno da noite. “Esta possíbilidade de trabalhar e estudar enriquece a ação do aluno.”

Outras informações: (32) 2102-3350 (IAD), (32) 2102 – 3164 (ICH) e (32) 2102 – 3302 (ICE)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Desafios da Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas

%d blogueiros gostam disto: